Em Brasília, Bacellar reabre diálogo com Bolsonaro

Presidente da Alerj sela 'pacto' e alinha estratégias com Rueda

Por Conexão no Ar em 11/06/2024 às 08:41:51
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Começou quente a semana 'eleitoral' do presidente da Alerj (e também do diretório fluminense do União Brasil), Rodrigo Bacellar, com uma série de compromissos visando as Eleições 2024.

Nesta segunda-feira (10;06), Bacellar iniciou com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e com o presidente nacional do União, Antonio Rueda, uma agenda repleta de encontros na capital federal, com lideranças dos partidos que compõem coligação com o União nos municípios do Rio.

Com Bolsonaro, Bacellar discutiu o 'pacto de não agressão' entre os candidatos de centro-direita no primeiro turno da disputa para prefeito do Rio, e de uma possível 'frente única' contra a reeleição do atual prefeito, Eduardo Paes (PSD), em caso de segundo turno.

"Não existe política sem diálogo. Estive com o ex-presidente na sede do PL, partido pelo qual fui eleito e onde tenho grandes amigos. O dia também foi de discutir o futuro do partido com o presidente Rueda", disse Rodrigo Bacellar.

Antes de embarcar para Brasília, neste domingo (9/06), decisões importantes nas duas mais importantes cidades do estado. Bacellar discutiu, com o deputado estadual Rodrigo Amorim, os últimos detalhes do lançamento de sua pré-candidatura a prefeito do Rio, que acontece em evento na próxima segunda-feira (17), que deve ter 'casa cheia' no ExpoMag.

"Respeitar a pluralidade; dialogar e fortalecer a democracia no estado do Rio. Essa vai ser a marca das candidaturas do União Brasil", afirmou Bacellar.

Ainda no domingo, depois de aparar as rusgas com Rodrigo Neves (PDT), Bacellar confirmou apoio ao ex-prefeito de Niterói e, juntos, anunciaram a candidata a vice-prefeita da chapa, Isabem Swan (PV).

"Meu carinho e respeito especial ao nosso companheiro de partido, Paulo Bagueira, que sempre pensa em primeiro lugar na população de Niterói, e foi fundamental na construção dessa aliança", destacou.

Comunicar erro
Alerj